• 15 M DIA DE LUTA

    Sou professor há vinte anos.   Perdi as contas da quantidade de disciplinas que lecionei, de provas que corrigi, de aulas que dei, de livros que li e de pessoas […]

    Leia mais
  • Cenas de uma loucura hermenêutica

      No meu tempo de adolescente (ou seja… no final do século passado) meus amigos trotskistas costumavam a contar uma piada bem curiosa sobre o período dos grandes expurgos do […]

    Leia mais
  • Contra quem eles atiram?

      Era de se esperar que isso fosse acontecer. Pela minha TL começam a desfilar uma série de depoimentos, reportagens, declarações e artigos que mostram que começamos a fazer a […]

    Leia mais
  • A eleição do não

      Parece sempre mais forte no Brasil a ideia hegeliana  de que os conteúdos não superados da história tendem a se repetir. Já tivemos Jânio, com suas vassouras; Collor o inesquecível […]

    Leia mais
  • Dançando na beira do abismo

      Uma semana após o atentado a faca sofrido pelo Deputado Jair Bolsonaro, a gente já sabe que o maluco que o esfaqueou ouvia a voz de Deus. Por isso, […]

    Leia mais
  • Pablo Capistrano
  • 16 de dezembro de 2012, as 6h06

 

 

Segue uma tradução minha para um poema do Robert Frost.

nesse tempo de fim de mundo é uma boa lembrança.

 

Fogo e Gelo

 

Uns dizem que o mundo acabará em fogo,

Uns dizem que vai ser em gelo.

Do que eu pude provar do desejo

Alinho com os que são a favor do fogo.

Mas se tivesse que perecer com os dois

Penso que conheço suficiente o ódio

Para dizer que a glacial destruição

É igualmente intensa

E também suficiente

 

(Robert Frost, 1920)

 

 

 

Fire and ice

 

“Some say the world will end in fire,
Some say in ice.
From what I’ve tasted of desire
I hold with those who favour fire.
But if it had to perish twice,
I think I know enough of hate
To say that for destruction ice
Is also great
And would suffice.”

(Robert Frost, 1920)

 


Um Comentário para “Fogo e Gelo (um poema para o fim do mundo)”


  1. Me sinto só
    “Mas quem é que nunca se sentiu assim
    Procurando um caminho pra seguir,
    Uma direção – respostas
    Um minuto para o fim do mundo,
    Toda sua vida em 60 segundos
    Uma volta no ponteiro do relógio pra viver”

Deixe seu comentário

2007 ® Pablo Capistrano

dz3